quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Gigantes da tecnologia apresentam código de conduta contra a censura



A Microsoft, o Yahoo! e o Google anunciaram a criação de um código de conduta com uma série de princípios para guiar os negócios em países que restringem a liberdade de expressão, como a China.

A lista de diretrizes, intitulada Global Network Initiative, fornece às companhias de internet um caminho a seguir antes de concordar com as leis de nações que podem conflitar com os princípios dos direitos humanos ou do livre discurso.

Nos novos princípios, que serão seguidos por dois anos, os gigantes da tecnologia prometem proteger a informação pessoal de seus usuários e interpretar e implementar as demandas dos governos em relação à privacidade.

Eles também se comprometeram a examinar o histórico de um país em relação à informação pessoal e liberdade de expressão antes de lançarem novos negócios nessas nações. Além disso, as companhias discutirão os riscos com seus executivos e membros do conselho de administração.

A Global Network Initiative criará ainda um fórum não-governamental para as companhias e os grupos de direitos humanos para resistirem aos pedidos de censura, e estabelecerá um sistema de auditores independentes para analisar a conduta das empresas.

No passado, as três companhias já foram criticadas por organizações e pelo Congresso dos Estados Unidos por priorizarem o lucro no lugar de princípios e direitos humanos.

(uol)


Nenhum comentário: