quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Maradona proíbe Google de associá-lo a sites de sexo

A Justiça argentina determinou que os sites de busca retirem qualquer vínculo que associem o nome de Diego Maradona a páginas de pornografia e prostituição.

A decisão também proibiu Google e Yahoo! de mostrarem fotos do ex-jogador argentino entre os resultados das buscas relacionadas a páginas de sexo. Os sites têm cinco dias para cumprir a ordem judicial, segundo a imprensa local.

O advogado de Maradona, Martín Leguizamón, disse que "esta é uma prática comum neste tipo de site".

Leguizamón também afirmou que as páginas de busca costumam cometer equívocos em relação a algumas modelos representadas por ele, como Pamela David e Nicole Neumann. Segundo o advogado, suas clientes são associadas "de forma equivocada" a sites de prostituição.

(Folha Online)

*****

Eu até poderia fazer uma aposta sobre o quê o google e o Yahoo, irá associá-lo.




3 comentários:

Moura disse...

Legal este post, parabéns! pelo blog e pelas postagens.
Cara, estas coisas "num" pode "acuntecer" sexo??? Bem, se ainda fosse "Coca" vá lá.
Saúde, graça, paz e sucesso!
Abraço,
Moura
http://meioambiente.blogomoura.com/

Mestre disse...

Atualizei meu banner melhordapdo.blogspot.com

Anônimo disse...

Aprendi muito