sábado, 22 de novembro de 2008

Forças militares americanas banem dispositivos USB


O uso de drives USB, CDs e outras mídias de armazenamento foi proibido dentro de redes militares nos Estados Unidos, e não foi apenas pelo risco da entrada de vírus.

Segundo o blog Danger Room da revista Wired, o banimento também foi promovido porque estas ameaças demonstram quão vulneráveis são as redes das forças armadas americanas a ataques virtuais inimigos.

Em um e-mail do comando estratégico dos EUA, reproduzido pelo site Inside Defense, os responsáveis pela decisão informam que com o tempo a postura do exército quanto à proteção de suas redes não acompanhou os esforços dos inimigos de invadir, explorar e destruir.

"A decisão de impedir o uso de mídia regravável removível é um componente chave na estratégia de defesa contra ataques e estabelece um padrão para proteção de sistema de informação", informa o e-mail, que acrescenta que graças ao uso de cartões de memória uma importante via de ataque foi aberta aos inimigos.

"Softwares maliciosos (malware) programados para se anexar em dispositivos de memória entraram em nosso sistema", termina o e-mail concluindo que apenas com treinamento e processos será possível ganhar o controle de novo.

Tais perigos estão em alta, graças à popularização de dispositivos removíveis, com estimativas apontando um crescimento de 10% na detecção de vírus nestes equipamentos durante 2008, noticiou o site ZDNet.

Nenhum comentário: