segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Franceses preferem tecnologia a sexo, diz pesquisa




Os homens podem estar preferindo cada vez mais a vida virtual à real, indica uma pesquisa sobre o homem moderno realizada na França. Conforme o estudo, 39% dos entrevistados colocaram a tecnologia em primeiro lugar na lista das atividades de lazer preferidas, à frente do sexo e das relações amorosas (36%), da música, do esporte e das viagens.

Além disso, as tecnologias estão se tornando ferramentas de status social entre a clientela masculina. O celular iPhone ou um notebook de última geração parecem estar ocupando o lugar que tradicionalmente era do carro importado e do relógio suíço na hora de demonstrar poder no plano material: um terço deles deixa o telefone à mostra sempre que possível, com a intenção de atrair reconhecimento, enquanto que entre as mulheres esse índice é de apenas 13%.

Mesmo nas boates noturnas parisienses, onde o som alto dificilmente permite uma conversa ao telefone, lá estão eles a ligar e mandar mensagens sem parar. "Tudo isso para mostrar que eles têm amigos, têm uma rede social bem ativa", diz o sociólogo Gerard Gaglio, que redigiu uma tese sobre o uso indiscriminado das mensagens como forma de comunicação entre os jovens.

"Eles se sentem mais interessantes, mais queridos e mais poderosos quando tiram seus iPhones do bolso e telefonam em público, não interessa diante de quem. Para completar, o fato de estarem permanentemente em contato com os conhecidos por telefone, SMS ou e-mail os faz nunca se sentirem sozinhos, é bom para a auto-estima", analisa o psiquiatra e pesquisador Serge Tisseron, autor de livros sobre a influência da vida virtual na vida real das pessoas.

Dos 345 homens com entre 25 e 45 anos que participaram da pesquisa, feita pelo instituto Ipsos, um dos mais importantes da França, 40% afirmaram participar de alguma rede social de amigos, como o Facebook, e 81% deles se conectam diversas vezes ao dia na Internet nos horários livres, contra 65% das mulheres.

Na mesma linha, 45% deles passa ao menos duas horas por dia conectado por lazer - entre as mulheres, o índice baixa para 34%. É à noite que a preferência dos homens se acentua: após às 22h, o público masculino é responsável por mais do que o dobro das conexões à Internet.

Em relação à influência que os meios de comunicação eletrônicos exercem sobre os homens, os resultados mostram que nada menos do que 99% deles julgam que a Internet os ajuda para melhor na forma como se relacionam com os outros. O estudo conclui que os homens se transformaram em verdadeiros viciados em Internet e tecnologia ao longo dos últimos anos.

Nos sites de relacionamento, os homens se sentem à vontade para escrever sobre o que conhecem nos fóruns de discussão - ao mesmo tempo em que pesquisam para confirmar o que dizem -, e, assim, a sedução fica mais fácil. Não é à toa que muitos deles escolhem o e-mail ou um SMS para dizer "Eu te amo" pela primeira vez a uma mulher com quem estão se relacionando, ao mesmo tempo em que 9% deles optam por uma mensagem eletrônica para se reaproximar após uma discussão e 5% já terminaram um relacionamento através do computador.

"Com a Internet, entramos em uma nova era de interação, em que nem mesmo é necessário haver um interlocutor. As pessoas se sentem no controle da situação, uma vez que, se as reações obtidas nas relações via Internet não são exatamente as esperadas, basta deletá-las e ignorá-las. No entanto, é preciso ter em mente que o mundo real continua lá fora e é ele quem guia as nossas vidas", diz Tisseron. "A Internet não faz ninguém ser mais extrovertido ou introvertido: ela acentua os perfis já existentes. É por isso que as pessoas mais fechadas e com auto-estima mais baixa se transformam facilmente em viciadas em Internet e tecnologias."

"Nós passamos de um estado de produto utilitário para o de criador de emoções", avalia uma das supervisoras da pesquisa realizada a pedido do site Menstyle, Carole Zibi.

(terra)

2 comentários:

Blogger disse...

SuperPayMe is a very popular work from home website.

Blogger disse...

Get daily suggestions and guides for making $1,000s per day ONLINE for FREE.
CLICK HERE TO START NOW