quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Microsoft é processada na China por tela preta da morte no Windows


Update do sistema operacional detecta e avisa usuários sobre autenticidade da cópia instalada

Um advogado chinês entrou com processo contra a Microsoft por instalar o Windows Genuine Advantage (WGA) no computador. Dong Zhengwei pediu ao Ministério de Segurança Pública que apresente acusações criminais contra a empresa. A Associação das Indústrias de Software de China também cogita uma ação contra a MS. Zhengwei acusa a empresa de acessar sem autorização os computadores dos clientes.

– Eu respeito o direito da Microsoft de proteger a propriedade intelectual mas eles estão mirando no lugar errado e com estratégias equivocadas – disse.

Para o chinês, a empresa deveria mirar nos responsáveis pelos produtos piratas, e não nos clientes. Ele insistiu em que as autoridades protejam os direitos e a privacidade dos usuários, segundo o China Daily.

Segundo o site The Register, o WGA é uma atualização automática do Windows. Caso o programa decida que a cópia do Vista, ou do XP, instalada seja pirata, ela “pinta” a tela de preto e avisa que o programa não é original.

Os usuários podem fazer o desktop voltar ao normal, mas a tela retorna a cada uma hora. A estratégia tem causado aborrecimentos ao redor do mundo por identificar como falsas algumas cópias originais dos sistemas operacionais da Microsoft.

A Microsoft China disse que a pirataria é uma prática errada e que a tela preta estava ajudando os clientes que não estão certos da autenticidade das suas cópias a identificar se são ou não originais.

(clicrbs)


Nenhum comentário: