terça-feira, 4 de novembro de 2008

Pesquisa divulga relação entre blogs e jornalistas

Os jornalistas responsáveis pelo Online Journalism Blog realizaram uma pesquisa sobre a relação da atividade jornalística e o uso de blogs, com a intenção de ilustrar o efeito que a ferramenta online tem na vida dos profissionais de mídia.

Ao todo, foram entrevistados 200 jornalistas de trinta países, entre junho e julho deste ano. Dividida em sete partes - incluindo a contextualização e a metodologia aplicada -, a pesquisa analisa, também, se o fato de manter um blog provocou mudanças na forma do jornalista apurar, produzir a notícia e se relacionar com a audiência.

O ponto principal levantado pelo grupo mostra que manter um blog afeta a maneira como o profissional atua em outras mídias. Por exemplo, a experiência de blogar mudou a forma como jornalistas pensam e trabalham suas pautas, mais evidentemente para os freelancers e profissionais que atuam na Internet, que para os que estão nos meios impressos (jornais e revistas).

O blog Intermezzo também publicou um estudo semelhante sobre o perfil dos jornalistas blogueiros em 20 países ibero-americanos, feito pelo Departamento de Jornalismo da Universidade de Málaga, na Espanha.

Alguns pontos importantes:

> 61,9% acredita que a maior conquista de seu blog foi falar com a audiência;

> 52,4% alegou ter uma liberdade editorial que não tem no meio para o qual trabalha;

> 63% recebe comentários ofensivos;

> 3 em cada 4 entrevistados consideram que praticam jornalismo de opinião através do blog;

> 63% não se preocupa com a questão do copyright.

E, para surpresa, a maioria dos jornalistas que tem blog não trabalha com Internet, mas com jornal impresso. Os que trabalham com televisão são os que menos utilizam à ferramenta.

(site:itu)

Um comentário:

blogdocatarino.com disse...

Interessante esses dados, mas eu acho que a grande maioria dos blogs são mantidos por pessoas que não são jornalistas. Os jornais seguem regras rígidas e os blogs seguem a cabeça do próprio blogueiro.